EMPREGO E RENDA

38

Governo investe em projetos de qualificação e preparação para o mercado de trabalho

Iniciativas desenvolvidas pela Setrabes contemplam jovens e pessoas de baixa renda

Uma das vertentes que a gestão do Governo do Estado tem se empenhado é na oferta de oportunidades para que a população possa se qualificar e estar melhor preparada para a inserção no mercado de trabalho. Parte destas iniciativas são desenvolvidas pela Setrabes (Secretaria Estadual do Trabalho e Bem-Estar Social), que lançou programas como o Qualifica Roraima e RR Jovem que juntos já beneficiaram mais de 3.600 pessoas.

“A Setrabes tem atuado para oferecer novas possibilidades àqueles que mais necessitam. Esses projetos contribuem para que todas as pessoas tenham oportunidades de geração de renda e melhoria de sua qualificação profissional, o que reflete positivamente na qualidade de vida das famílias roraimenses”, destaca a secretária do Trabalho e Bem-Estar Social, Emília Campos.

QUALIFICAÇÃO

A demanda por trabalho é grande em todo o País, e em Roraima não é diferente. Dados do Sine RR (Sistema Nacional de Empregos de Roraima) apontam que, entre 2015 e 2018, mais de 114 mil pessoas procuraram a unidade em busca de uma colocação no mercado de trabalho.

“É importante destacar que um dos fatores que dificulta a contratação é a falta de qualificação, requisito que está sendo cada vez mais exigido pelas empresas”, explica a psicóloga do Sine RR, Angélica Duarte.

Como forma de auxiliar nesse processo, o Governo do Estado lançou em agosto de 2017 programas como Qualifica Roraima, gerido pela Setrabes. Trata-se de uma iniciativa para oferecer cursos de qualificação profissional e cursos preparatórios para concursos a pessoas de baixa renda.

No total, mais de 600 pessoas já participaram das oficinas de culinária realizadas em todo o Estado, além de 2.200 pessoas que participaram nas duas turmas do curso preparatório para concursos, realizado em parceria com a Fundação Univirr (Universidade Virtual de Roraima).

O porteiro Tomaz Edson dos Santos, de 33 anos, participou da turma de 2017 e continua este ano. “É uma oportunidade muito boa para que possamos estudar com professores de excelência. É um auxílio perfeito, porque estudar em casa, sem professores para esclarecer as dúvidas, seria muito difícil”, enfatiza.

O Sine RR também possui parceria com instituições que oferecem cursos de qualificação em diversas áreas profissionais e, desde 2015, mais de 900 candidatos que buscaram o Sine-RR foram encaminhados para participar dos cursos e melhorar sua qualificação profissional.

JUVENTUDE

Importante destacar que os jovens também estão tendo oportunidade de se prepararem para o mercado de trabalho por meio do RR Jovem. O programa foi lançado em agosto de 2017 e atende a 600 jovens matriculados no ensino médio regular de escolas estaduais.

O estagiário Bruno Ferreira Printes, de 17 anos, atua na Rede Cidadania Atenção Especial. Ele conta que inicialmente pensava estudar algum curso na área de exatas, mas mudou de ideia e não se arrepende. “Gosto muito daqui, melhorei muito como pessoa. Pensei que iria ajudar, mas são eles que nos dão muito carinho. Estou até pensando em seguir nessa área como profissão”, garante.

Além dos estudantes do ensino médio, a Setrabes desenvolve o Programa de Estágio Supervisionado, que oferece a estudantes do ensino superior a vivenciar o dia a dia da profissão escolhida na sede e unidades da Setrabes. Desde 2015, 412 estudantes já realizaram estágio supervisionado na Setrabes, nas áreas de serviço social, administração, pedagogia, fisioterapia, enfermagem, arquitetura e engenharia. A expectativa é de que cerca de 250 passem pela Setrabes ao longo de 2018.

SHARE