ESTATÍSTICA

56

Número de acidentes e mortes no trânsito diminuiu nos últimos anos

Fiscalização intensificou suas ações: além das blitz fixas, os agentes têm feito blitz móveis em locais considerados críticos

Nos últimos anos, mesmo com o aumento da frota de veículos em todo o Estado de Roraima, os números de acidentes e mortes no trânsito têm diminuído.

Segundo o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran-RR), com dados obtidos junto ao Instituto Médico Legal (IML) e Polícia Militar (PM), houve queda no número de pessoas que perderam a vida em decorrência de acidentes de trânsito.

O número de vítimas fatais registados em 2015, segundo o IML, foi de 187 pessoas. Comparando com o mesmo período de 2016, o número total foi de 117 pessoas, reduzindo esse número em 37,4%. Já em 2017, o número de vítimas fatais foi de 148, número também menor do que registrado em 2015.

Conforme Vilmar Florêncio, chefe de fiscalização de trânsito, os números de registro de alcoolemia têm aumentado nos últimos anos: 254 em 2015, 228 em 2016, 290 em 2017 e até o mês de março já registramos 117 casos.

“As taxas de redução de mortes se devem juntamente com a determinação que a fiscalização recebeu de aumentar o número de blitz e ações educativas nas nossas operações. Com isso registrando também o número alto de alcoolemia. Sem essas ações talvez tivéssemos mais mortes no trânsito”, disse.

Já nos números de acidentes de trânsito, desde 2015, os casos têm diminuído de forma contínua. De acordo com a Polícia Militar, no ano de 2015 foram registrados 4.619 acidentes, já em 2016 foram 4.392 acidentes e no último ano, em 2017, foram registrado 3.800 acidentes em Roraima.

O presidente do Detran, Titonho Beserra, salienta que durante a sua gestão, a fiscalização intensificou suas ações, além das blitz fixas, os agentes têm feito blitz móveis em locais considerados críticos, com alto número de acidentes de trânsito na capital.

“O resultado do nosso trabalho é refletido na diminuição dos números de acidentes de trânsito registrados pela PM e IML. O Detran realiza  blitzs diárias nos principais pontos da capital e intensifica aos finais de semana, a fiscalização da Lei Seca”, destacou.

O presidente concluiu ainda que campanhas educativas, que visam conscientizar os condutores a práticas de direção segura com respeito às normas de trânsito, também são fatores fundamentais para que o trânsito de Roraima tenha melhorado e diminuído o número de mortes.

SHARE